Terrorista da Nova Zelândia passava meses em viagem

Brenton Tarrant não recebia visitas, deitava-se de madrugada e passava muito tempo longe de casa.
Por F.J.G.|18.03.19
Vizinhos do terrorista australiano que, segundo números atualizados, massacrou 50 pessoas num ataque a duas mesquitas de Christchurch, contam que Brenton Tarrant, de 28 anos, nunca recebia visitas, deitava-se de madrugada e passava meses inteiros longe de casa.

Tarrant vivia há cerca de dois anos num apartamento em Dunedin, a quatro horas de viagem de Christchurch, onde passava o tempo sozinho. Era simpático, mas muito reservado, contam os vizinhos, que dizem não ter conhecimento de que estivesse empregado. Apesar disso, pagava 280 dólares australianos semanais de renda (175 euros).

Dias antes dos ataques, foi visto a carregar sacos e caixas para o carro, um Subaru Outback, no que os vizinhos pensaram ser o início da mudança de casa, pois disse que ia sair em março.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!