Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
1

Acusado na invasão à academia de Alcochete corta pulseira eletrónica e está em fuga

‘Aleluia’, cabecilha do núcleo da Juventude Leonina de Marvila, está a monte.
Sérgio A. Vitorino 25 de Setembro de 2019 às 21:28
Arguido Elton Camará fica em prisão preventiva
Invasão a Alcochete
Arguido Elton Camará fica em prisão preventiva
Invasão a Alcochete
Arguido Elton Camará fica em prisão preventiva
Invasão a Alcochete

Elton Camará, conhecido por ‘Mamadu’ e ‘Aleluia’, cabecilha do núcleo da Juventude Leonina de Marvila, Lisboa, cortou a pulseira eletrónica que o obrigava a estar em casa a aguardar julgamento pela invasão da Academia de Alcochete e agressões a jogadores, técnicos e funcionários do Sporting.

O CM sabe que o homem foi visto, na terça-feira ao final da tarde, a passear-se na zona de Chelas e Marvila, no interior de um Audi A4 de cor escura. Gritava do interior da viatura que ia "jantar fora", quando estava proibido de sair de casa.

Camará é um dos 44 acusados da invasão a Alcochete, a 15 de maio de 2018, lista onde se incluem o então presidente do clube, Bruno de Carvalho, e os cabecilhas da claque Mustafá (em preventiva num processo de tráfico de droga) e Fernando Mendes (libertado por razões médicas). No total são 44 arguidos, acusados de terrorismo, 40 crimes de ameaça agravada, 38 de sequestro, 19 de ofensa à integridade física qualificada, dois crimes de dano com violência, um de detenção de arma proibida e um de introdução em lugar vedado ao público.

Camará foi um dos 10 que não atuou encapuzado e que ficou, após as agressões, à conversa com funcionários do clube, saíndo da Academia no BMW azul conduzido por Nuno Torres com o apoio de um funcionário do clube, iludindo a GNR.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)