Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

Camionista atropela motard em protesto dos "coletes amarelos"

Português foi agredido por manifestantes até ser detido em estação de serviço.
João Tavares 28 de Novembro de 2018 às 01:30
A carregar o vídeo ...
Camionista português detido em França.mp4
Um grupo de motards do movimento ‘coletes amarelos’ – protestam contra o aumento dos combustíveis em França – fazia uma marcha lenta numa estrada de Toulon, no domingo. Até que pela berma passou um camião português a alta velocidade.

Moveram-lhe perseguição, mas o motorista continuou a marcha. Ao ponto de ter colhido um motard, que sofreu diversos ferimentos. O camionista – português – acabou detido pouco depois num parque de camiões. Toda a ação foi filmada por vários motards revoltados.

Nas imagens vê-se a viatura pesada de uma empresa sedeada na zona de Sintra a passar pela berma, perseguida por várias motos de alta cilindrada dos protestantes. Mais tarde, é possível ver um motard caído no chão, a vários metros da moto que conduzia. É prontamente assistido por outros colegas.

Já o condutor, com cerca de 50 anos, apenas parou alguns quilómetros mais à frente, numa estação de serviço em que existe um parque de estacionamento para viaturas pesadas. O camionista português terá sido violentamente agredido até ao momento em que chegou a polícia.

Já num segundo vídeo, vê-se o condutor com as mãos algemadas à frente, com um ar visivelmente assustado, rodeado por polícias e motards.

Segundo alguns relatos, um dos motards terá ultrapassado o camionista e meteu-se à frente de modo a que este parasse o veículo pesado. Tal não aconteceu e o motard acabou por ser atingido, caindo na estrada. Numa fotografia veem-se mesmo os danos do embate no centro da dianteira da viatura pesada.

PORMENORES 
Sem apoio
A secretaria de Estado das Comunidades Portuguesas disse ontem ao CM que não recebeu qualquer pedido de apoio relativo à detenção de um camionista em Toulon.

Em liberdade
O condutor do camião passou uma noite detido e foi presente a tribunal no dia seguinte – segunda-feira. Foi ouvido por um juiz e vai aguardar o desenrolar do processo em liberdade.

Vinha de Itália
O camionista já se encontrava de regresso a terras portuguesas. Na viatura trazia mercadoria variada para Portugal, que carregou em Itália. A viatura, entretanto, já foi libertada pelas autoridades francesas.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)