Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
5

Corrupção na mira da PJ

Norberto Martins é o novo líder da Diretoria do Norte.
Ana Isabel Fonseca 7 de Dezembro de 2018 às 15:43
Norberto Martins (à esquerda), junto do diretor nacional da PJ, Luís Neves
Equipa liderada por Luís Neves
Luís Neves é o diretor nacional da PJ
Norberto Martins (à esquerda), junto do diretor nacional da PJ, Luís Neves
Equipa liderada por Luís Neves
Luís Neves é o diretor nacional da PJ
Norberto Martins (à esquerda), junto do diretor nacional da PJ, Luís Neves
Equipa liderada por Luís Neves
Luís Neves é o diretor nacional da PJ
O procurador do Ministério Público Norberto Martins tomou, esta quinta-feira de manhã, posse como diretor da Polícia Judiciária do Porto e definiu as áreas que necessitam de particular dedicação.

"A criminalidade económico-financeira merece especial atenção, até pelos efeitos devastadores que tem nos alicerces do Estado democrático (...). Há ainda fenómenos novos que também merecem especial atenção, como a cibercriminalidade e fenómenos não tão novos, mas que têm hoje configurações diferentes, como o tráfico de pessoas", disse o líder da Diretoria do Norte, para quem é preciso dar às vítimas o tratamento condigno.

Norberto Martins indicou ainda as metas internas para o futuro. "Irei empenhar-me em potenciar e estimular os quadros humanos desta diretoria, todos com elevado espírito de missão e tecnicamente bem preparados", afirmou.

A cerimónia contou com a presença do diretor nacional da PJ, Luís Neves, que avançou estar previsto transformar a Unidade Local de Vila Real num Departamento de Investigação Criminal e adiantou que já tem em vista um terreno para as novas instalações da PJ de Braga.

PORMENORES
Solução para viaturas
Luís Neves, diretor nacional da Polícia Judiciária, defendeu, durante a cerimónia, que deve existir um melhor reaproveitamento das milhares de viaturas que, todos os anos, são apreendidas em operações da PJ.


Trabalhava na Relação
Norberto Martins trabalhou, durante vários anos, no Tribunal de S. João Novo, Porto. Pelas suas mãos passou, por exemplo, o processo de um psiquiatra que foi acusado de violar uma paciente grávida. O novo líder da PJ do Norte estava atualmente na Relação do Porto.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)