Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

Dois homens detidos por violência doméstica

GNR procedeu a detenções em Marco de Canaveses e Lousada.
Lusa 18 de Junho de 2019 às 11:15
GNR
GNR
Detido foi transportado para as instalações da GNR
GNR
GNR
Detido foi transportado para as instalações da GNR
GNR
GNR
Detido foi transportado para as instalações da GNR
A GNR deteve em Marco de Canaveses e Lousada dois homens, de 43 e 46 anos, suspeitos da prática do crime de violência doméstica, anunciou hoje a autoridade policial.

A primeira situação, ocorrida em Marco de Canaveses, na quarta-feira, envolve um alegado agressor que já tinha sido condenado por violência doméstica na Alemanha, segundo o Comando Territorial do Porto da GNR.

"A vítima, após anos de maus tratos, regressou a Portugal, tendo o agressor continuado a persegui-la, continuando a exercer ameaças e violência psicológica", lê-se num comunicado da GNR.

Após a detenção, o tribunal aplicou ao arguido as medidas de coação de "proibição de contactos com a vítima por qualquer meio e afastamento da residência".

No caso de Lousada, ocorrido na sexta-feira, os militares detiveram pela terceira vez um homem de 46 anos, no âmbito de uma investigação que decorria há cerca de quatro meses.

"O arguido já tinha sido detido duas vezes para aplicação de medidas de coação, violando-as reiteradamente", refere a GNR.

O alegado agressor, "inconformado com o fim do relacionamento, perseguia, insultava e agredia reiteradamente, a ex-companheira", acrescenta.

Após a detenção, foi determinada pelo tribunal a medida de proibição de contactos com a vítima, com controlo por pulseira eletrónica.
Ver comentários