Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
3

MP pede 15 anos de prisão para homem que raptou e violou menina no Seixal

Se o Tribunal aceitar a pena proposta, agressor sairá da prisão quando menina tiver pouco mais de 20 anos.
20 de Fevereiro de 2019 às 15:55
Virgílio Mendonça, Seixal, PSP
Virgílio Mendonça
Virgílio Mendonça, Cruz, Tribunal de Almada
Virgílio Mendonça, Seixal, PSP
Virgílio Mendonça
Virgílio Mendonça, Cruz, Tribunal de Almada
Virgílio Mendonça, Seixal, PSP
Virgílio Mendonça
Virgílio Mendonça, Cruz, Tribunal de Almada
O Ministério Público pediu 15 anos de prisão para o homem que raptou e violou uma criança no Seixal, em setembro de 2018.

Virgílio Mendonça admitiu a culpa pelos crimes de rapto e violação agravada à menina de sete anos no Seixal, durante a sessão a que foi presente a juíz durante esta quarta-feira, no Tribunal de Almada.

O agressor vai conhecer a pena a que vai ser sujeito no próximo dia 13 de março. Se o Tribunal aceitar a pena proposta, o agressor sairá da prisão quando a menina tiver pouco mais de 20 anos de idade.

Recorde-se que Virgílio Mendonça abordou a criança quando a menina estava a brincar num parque infantil junto às Piscinas da Amora, no Seixal, acompanhada por dois primos menores. O agressor disse à menina que era seu familiar, fazendo com que fosse com ela. Depois violou-a e, de seguida, abandonou-a à beira da estrada, durante a madrugada do dia seguinte.


Um popular encontrou a criança e transportou-a até à esquadra de Cruz de Pau, na Amora. 

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)