Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura

Amigos prestam tributo a Zé Pedro em festival

24ª edição junta a 19 de julho, em Lisboa, os artistas que conviveram com o guitarrista.
Pedro Rodrigues Santos 4 de Maio de 2018 às 01:30
Amigos prestam tributo a Zé Pedro em festival
Palma’s Gang recordam Zé Pedro
Zé Pedro tinha 61 anos
Amigos prestam tributo a Zé Pedro em festival
Palma’s Gang recordam Zé Pedro
Zé Pedro tinha 61 anos
Amigos prestam tributo a Zé Pedro em festival
Palma’s Gang recordam Zé Pedro
Zé Pedro tinha 61 anos
"Desafiei o Tim para fazermos uma festa de que o Zé Pedro se orgulhasse". Em poucas palavras, Luís Montez, promotor do Super Bock Super Rock (SBSR), explica a homenagem que será feita ao carismático guitarrista dos Xutos & Pontapés na 24ª edição do festival.

Marcado para 19 de julho, o concerto ‘Who the F*ck is Zé Pedro?’, ontem apresentado em Lisboa, irá juntar em palco amigos e familiares do artista num momento que se quer único. "Temos três grupos em que o Zé Pedro participou" – Xutos & Pontapés, Ladrões do Tempo e Palma’s Gang – "para atuarem nesse dia para além da banda residente", destaca Tim, diretor artístico do projeto.

"Em termos de banda suporte do espetáculo, foi fácil decidir quem iria fazer parte, entre filhos e sobrinhos dos membros dos Xutos & Pontapés", revela Fred Ferreira, dos Orelha Negra, também responsável pela direção artística do evento.

"Seguiu-se depois a escolha do repertório e das vozes para cada tema", acrescenta o filho do baterista Kalu. Entre os convidados estão Manuela Azevedo, Rui Reininho, Carlão e João Pedro Pais. As entradas diárias do SBSR custam 55 euros, e o passe de três dias vale 109 euros.

Amigos aderem de coração à homenagem 
Palma’s Gang, formado por Jorge Palma, Kalu e Zé Pedro (Xutos & Pontapés), e Flak e Alex (Rádio Macau), é uma das surpresas do tributo. "Vamos fazer reviver esta fantástica banda em que o Zé Pedro participou", afirma Palma.

"Vai fazer falta é o Zé Pedro", destaca Flak, "... mas o lugar ficará sempre reservado para ele", reforça Alex. "Vamos invocar o espírito do Zé Pedro em palco", diz Paulo Franco, dos Ladrões do Tempo. "E um dos temas a tocar será ‘Mora na Filosofia’", diz Tó Trips, um tema proposto por Zé Pedro.
Ver comentários