Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
5

"Estivemos nove horas a ser insultados e isso marca", afirma Eduarda Proença de Carvalho

Vice-presidente missionária da Mesa da Assembleia Geral responde a questões sobre a atual conjuntura do SCP na CMTV.
26 de Junho de 2018 às 14:47
A carregar o vídeo ...
Eduarda Proença de Carvalho comenta crise do Sporting na CMTV
Eduarda Proença de Carvalho, vice-presidente da Mesa da Assembleia Geral do Sporting, comentou a atual situação do Sporting Clube de Portugal no decorrer de uma entrevista, na CMTV, esta terça-feira.

Quando questionada sobre as suas funções, que cessam em setembro deste ano, Eduarda respondeu "Claro que vou ter de aguentar. Sempre aguentei pelo Sporting e acho que o período conturbado já passou, agora é gerir os danos e pensar que tudo foi feito pelo melhor (...) O sporting tem pessoas competentes para que possam agarrar o projeto que aí vem".

"Obviamente que no futuro próximo eu não farei parte de nada porque foi uma tarefa muito difícil nestes últimos meses", afirma Eduarda quando questionada sobre o seu futuro no clube.

"A Assembleia geral de dia 23 foi para mim uma coisa impensável. Nunca imaginei que o Sporting vivesse um momento como aquele. Estivemos nove horas a ser insultados permanentemente e isso marca." avança a vice-presidente da MAG com alguma mágoa.

Questionada sobre Bruno de Carvalho, Eduarda afirma não ter contacto com o ex-dirigente do Sporting desde o dérbi entre Sporting e Benfica, no dia cinco de maio, mas avança que "Bruno de Carvalho nunca me desrespeitou. Nunca me senti desrespeitada no Sporting".
crise sporting Eduarda Proença de Carvalho Bruno de Carvalho
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)