Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
5

Detido casal dono do camião encontrado com 39 cadáveres

Thomas e Joanna Mahar são suspeitos de tráfico.
F.J.G. 26 de Outubro de 2019 às 01:30
Joanna e Thomas Maher
Polícia realizou as detenções após buscas em várias casas no Cheshire
Local onde foram achados os corpos
Joanna e Thomas Maher
Polícia realizou as detenções após buscas em várias casas no Cheshire
Local onde foram achados os corpos
Joanna e Thomas Maher
Polícia realizou as detenções após buscas em várias casas no Cheshire
Local onde foram achados os corpos
A polícia britânica prendeu esta sexta-feira mais dois suspeitos no caso do camião encontrado com 39 cadáveres no interior. Trata-se de Joanna Mahar e do marido, Thomas, ambos de 38 anos. São eles os últimos donos conhecidos do camião no centro do caso e foram detidos por suspeita de homicídio e conspiração para tráfico de seres humanos.

As detenções foram realizadas após buscas em casas no condado de Cheshire e seguem-se à detenção do camionista Mo Robinson, de 25 anos, natural da Irlanda do Norte.

Thomas Mahar diz que vendeu o camião há 13 meses a uma empresa de Monaghan, Irlanda, próxima do local onde vive o camionista detido.

A polícia revelou, entretanto, que os dados de GPS do camião indicam que esteve em três cidades da Bélgica e de França antes de ir para Grays, no Essex, onde foram encontrados os cadáveres de oito mulheres e 31 homens de origem chinesa.
Irlanda do Norte Thomas Mahar Apolícia Joanna Mahar crime lei e justiça questões sociais prisão
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)