Barra Cofina

Correio da Manhã

Política

Presidente da República lamenta morte do historiador Sarmento de Matos

José Sarmento de Matos, um estudioso da cidade de Lisboa, morreu este domingo, aos 72 anos.
29 de Outubro de 2018 às 21:40
José Sarmento de Matos (1946-2018)
José Sarmento de Matos (1946-2018) FOTO: Direitos Reservados
O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, manifestou esta segunda-feira o seu "profundo pesar" pela morte do historiador José Sarmento de Matos, lembrando a sua dedicação à cidade de Lisboa.

"José Sarmento de Matos colaborou em vários jornais, foi coordenador da revista 'Oceanos' da Comissão Nacional para as Comemorações dos Descobrimentos, esteve envolvido na conceção da Expo 98 e na toponímia daquela zona da cidade", lê-se numa mensagem publicada no 'site' da Presidência da República.

Na nota, Marcelo Rebelo de Sousa lembra que o historiador publicou "inúmeros artigos, livros e estudos sobre Lisboa", considerando que se trata de uma "obra vasta e representativa da complexidade do património e riqueza arquitetónica lisboetas".

O historiador José Sarmento de Matos, um estudioso da cidade de Lisboa, morreu este domingo, aos 72 anos.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)