Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
9

Atentados obrigam a reforçar segurança durante peregrinação a Fátima

“Aumento do grau de ameaça” obriga a mobilizar mais de 500 operacionais por dia.
Isabel Jordão e Francisco Gomes 11 de Maio de 2019 às 01:30
Peregrinos de várias partes do País rumam estes dias ao Santuário de Fátima
Peregrinos fazem caminhada até Fátima
Vários peregrinos começaram o caminho até Fátima
Maior grupo de Peregrinos do Concelho da Covilhã  já está a caminho de Fátima
Grupo da Póvoa de Varzim que faz peregrinação há mais de 40 anos vai pedir proteção para os pescadores numa caminhada de fé e boa-disposição
Maior grupo de Peregrinos do Concelho da Covilhã já está a caminho de Fátima
Peregrinos de várias partes do País rumam estes dias ao Santuário de Fátima
Peregrinos fazem caminhada até Fátima
Vários peregrinos começaram o caminho até Fátima
Maior grupo de Peregrinos do Concelho da Covilhã  já está a caminho de Fátima
Grupo da Póvoa de Varzim que faz peregrinação há mais de 40 anos vai pedir proteção para os pescadores numa caminhada de fé e boa-disposição
Maior grupo de Peregrinos do Concelho da Covilhã já está a caminho de Fátima
Peregrinos de várias partes do País rumam estes dias ao Santuário de Fátima
Peregrinos fazem caminhada até Fátima
Vários peregrinos começaram o caminho até Fátima
Maior grupo de Peregrinos do Concelho da Covilhã  já está a caminho de Fátima
Grupo da Póvoa de Varzim que faz peregrinação há mais de 40 anos vai pedir proteção para os pescadores numa caminhada de fé e boa-disposição
Maior grupo de Peregrinos do Concelho da Covilhã já está a caminho de Fátima
Os atentados terroristas no Sri Lanka e na Nova Zelândia fizeram "aumentar o grau de ameaça para todos os países", levando a um reforço do dispositivo de segurança e de socorro durante a peregrinação de domingo e 2ª feira ao Santuário de Fátima, onde são esperados 300 mil peregrinos.

"Esta concentração de pessoas requer uma atenção especial", disse esta sexta-feira o coronel Paulo Silvério, comandante da Operação Peregrinação Segura da GNR, adiantando que estão mobilizados 250 militares por dia - da GNR, da Guardia Civil espanhola e dos Carabinieri italianos -, a que se juntam 336 operacionais da Proteção Civil.

A GNR vai "manter um equilíbrio entre o procedimento policial e a visibilidade necessária", explicou o responsável, adiantando que haverá revistas às mochilas e uso de detetores de metais "apenas em casos suspeitos", não estando prevista a instalação de barreiras de betão.

Este sábado, é esperada a chegada ao Santuário da maior parte dos grupos de peregrinos a pé, entre eles o de Luiz Vilas, de 77 anos, que partiu do Estoril e há treze anos que faz esta romaria.

"Se se fizesse uma caminhada sem dores não interessava a peregrinação", disse Pedro Ricardo, organizador do grupo, que este ano integra seis peregrinos italianos: quiseram experimentar "esta emoção incrível de não se perder energia caminhando", contou Michela La Pietra.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)