Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
8

FC Porto usa a cabeça frente ao Tondela e esquece crise

Conceição escolheu a força da técnica, dispensou os trincos e chamou Nakajima. Japonês trouxe mais visão e imprevisibilidade.
Sérgio Pereira Cardoso 17 de Dezembro de 2019 às 01:30
Filipe Ferreira (Tondela) e Tiquinho Soares (FC Porto) em lance dividido, na partida de ontem
 FC Porto - Tondela
FC Porto - Tondela
Filipe Ferreira (Tondela) e Tiquinho Soares (FC Porto) em lance dividido, na partida de ontem
 FC Porto - Tondela
FC Porto - Tondela
Filipe Ferreira (Tondela) e Tiquinho Soares (FC Porto) em lance dividido, na partida de ontem
 FC Porto - Tondela
FC Porto - Tondela
Arte nos pés e eficácia na cabeça. O FC Porto venceu o Tondela por 3-0, mas, mais do que isso, fê-lo com estilo. Conceição optou pela força da técnica e lucrou. Soares foi decisivo com um bis antes de Otávio dar assinatura a uma obra de arte coletiva.

Tiquinho, claro, acaba por ser a figura do encontro, só que isso é começar o livro pelo final. As opções de Sérgio surpreenderam, com a dupla de trincos Danilo e Loum a ficar de fora - no caso do português, pelo menos, por razões de ordem física -, e com Shoya Nakajima bem próximo de Soares.

E o japonês traz, no mínimo, coisas diferentes a um dragão que se vinha tornando cada vez mais previsível. É sinónimo de linhas de passe constantes, arte no tratamento da bola e visão acima da média. Foi tudo isso junto que encontrou, num pequeno toque, Luis Díaz, no início do lance que termina com cruzamento de Corona e cabeçada mortal de Soares. Jogo interior + jogo exterior = golo.

No comando e com controlo, o FC Porto ia agradando à vista. O segundo, contudo, chegou de método já bem conhecido - bola parada de Alex Telles, Marega ganha ao primeiro poste, Tiquinho faz o bis. Tudo com cabeça. Duas bolas à baliza e 2-0 ao intervalo no Dragão.

Regresso dos balneários sem Marega, com Manafá a entrar para lateral e Corona a subir no terreno. Com tantos artistas na frente, o terceiro golo só poderia ser uma obra digna de museu futebolístico - aos 51’, Uribe, Díaz, Otávio, Nakajima e Corona executaram um brilhante rol de tabelas que deixou o médio brasileiro com a baliza à mercê. Otávio não perdoou e, na semana em que viu a casa assaltada em dia de jogo, festejou com todos os colegas, até os do banco.

Naka ainda abriu espaços para Fábio Silva e Alex Telles, mas Cláudio Ramos evitou o avolumar do 3-0 final. Sorrisos de volta ao Dragão no campeonato. Está aí uma nova fórmula. Com resultado positivo.

Sérgio tranquilo no caso do túnel
Sérgio Conceição mostrou-se tranquilo quanto ao processo instaurado pelo Conselho de Disciplina da Federação, para averiguar os acontecimentos do encontro em casa do Belenenses SAD com o FC Porto (1-1). "Para já, nada", foi esta a resposta do técnico quando questionado sobre o que vai na sua cabeça após o processo e todas as acusações. O treinador dos dragões terá agredido Pedro Ribeiro, técnico do Belenenses SAD, no túnel do Jamor, no intervalo do encontro.

Sobre o jogo, Conceição mostrou-se satisfeito com o resultado. "Foi uma boa exibição da nossa parte. Marcámos cedo, tivemos a oportunidade de fazer um ou outro golo, contra uma equipa muito competente fora de portas, que fez 14 pontos. Penso que fizemos uma exibição acima da média, diria. Os jogadores estão de parabéns", vincou. 

Jogo com Santa Clara já na quinta-feira 
O FC Porto volta a jogar já depois de quinta-feira com o Santa Clara (no estádio do Dragão, 19h15) para a Taça de Portugal.

Adversário europeu contrata palácios
O Bayer Leverkusen, adversário do FC Porto na Liga Europa, contratou o médio argentino Exequiel Palácios (ex-River Plate) por 5 épocas.

Sub-19 com Salzburgo na Youth league
Os sub-19 do FC Porto defrontam o Salzburgo no play-off de acesso aos oitavos de final da Youth League (11 ou 12/02 de 2020).
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)