Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
4

Jovem de 23 anos detido por burlas em MBWay. Lucrou mais de 200 mil euros

Detido está acusado dos "crimes de falsidade informática, burla informática agravada, acesso ilegítimo, através da prática das designadas "burlas MB Way".
Correio da Manhã 9 de Junho de 2021 às 10:43
Polícia Judiciária
Polícia Judiciária FOTO: Direitos Reservados

A Polícia Judiciária deteve um homem com 23 anos, em Aveiro, por burlas na aplicação MBWAY.

O jovem conseguiu arrecadar, ao aceder a várias contas bancárias através do MBWAY, 200 mil euros em 20 meses, em que por mês conseguia lucrar oito mil euros. As vítimas eram anunciantes de bens em plataforma "online" de comércio de artigos usados, em que o arguido convencia a aderirem ao serviço "MB Way", para receberem o pagamento, momento em que, ardilosamente, aproveitando a pressão naturalmente existente da execução de um procedimento novo na caixa multibanco, induzia à associação, ao cartão bancário deste serviço, de um telemóvel de que tinha a total disponibilidade.

O detido está acusado dos crimes de falsidade informática, burla informática agravada, acesso ilegítimo, através da prática das designadas "burlas MB Way".

O Jovem ficou obrigado a apresentações bi-diárias, proibição de utilização de meios eletrónicos e proibição de contactos depois de ser presente às Autoridades Judiciárias.

Segundo a PJ, "A ação desenvolvida, que envolveu a realização de buscas e pesquisas que permitiram a apreensão de artigos e dados relacionados com os crimes, envolveu a obtenção de informações junto de entidades sedeadas fora da jurisdição nacional, que permitiram indiciar o suspeito, desde o ano de 2018, na utilização de plataformas de negociação "online", como sejam dos mercados Forex, CFDs, Criptomoedas, Commodities e de pagamentos através de carteira virtual, por onde passaram parte dos valores retirados das contas bancárias das vitimas".

Ver comentários